Publicado em Deixe um comentário

Após falha de segurança exame de conclusão do ensino médio corre o risco de não ser realizado

O Enem é com certeza um dos processos seletivos mais esperados em todo o ano, isso acontece justamente porque muitas pessoas encontram uma chance de adquirir uma vaga em instituição de ensino superior. Segundo estudiosos as provas aplicadas no Enem são mais concorridas do que os melhores concursos apresentados no país, o que acaba sendo bom para as instituições de ensino que ficam cientes de que ofereceram a vaga para uma pessoa que realmente conta com mais conhecimento do que os outros candidatos.

Porém essa concorrência acaba tirando a chance da grande maioria e isso é com certeza um ponto negativo no qual o governo brasileiro luta para modificar durante os próximos anos. Mesmo sendo uma prova tradicional, muitas instituições públicas não oferecem um suporte para ensinar seus alunos a efetuar sua inscrição no Enem, reflexo disso é um grande número de pessoas que perdem a prova por falta de informação.

Se você deseja participar do Enem para iniciar os estudos em uma universidade, é preciso já ter concluído o ensino médio. Mas, se você não conseguiu fazer isso de forma regular, saiba que existe uma prova que permite a conclusão tanto do ensino fundamental, quanto do médio. Esse exame é o Encceja 2021, através do mesmo você poderá obter o seu diploma, mas é importante se preparar e atingir uma boa nota.

A inscrição Encceja 2021 é feita uma vez ao ano, pelo site do programa. Basta que você faça o cadastro seguindo os passos indicados.

Para efetuar sua inscrição no Enem é preciso entrar no seguinte endereço eletrônico (http://portal.inep.gov.br/enem), as inscrições poderão ser feitas entre os dias 28 de maio e 15 de junho. Ao entrar no site indicado acima você irá se deparar com um banner que trará a opção de efetuar sua inscrição.

Ao clicar nesse banner você será transferido a uma página onde deverá preencher seu formulário de inscrição, feito tudo corretamente será emitido uma taxa no final de seu cadastro. Essa taxa deverá ser paga até no máximo dia 20 de junho, lembrando que esse site também será o responsável por emitir informações sobre provas e resultados.

Publicado em Deixe um comentário

SENAI oferta Cursos totalmente gratuitos

Se você gostaria de atuar no setor industrial, mas está sem dinheiro para investir, saiba que existem diversos cursos SENAI 2021 totalmente gratuitos. Comece o ano estudando e sem precisar pagar as mensalidades. Candidate-se nos cursos SENAI 2021 e não perca mais tempo!

Muitas pessoas já se formaram no SENAI ou Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial e ocupam atualmente diversas funções no mercado de trabalho.

✓ Veja como ganhar uma bolsa de estudos em um dos cursos SENAC 2021!

O SENAI tem um papel fundamental no desenvolvimento econômico do setor industrial. Essas vagas oferecidas gratuitamente tem o objetivo de ajudar as pessoas menos favorecidas a obter formação profissional de qualidade.

Qualquer pessoa pode se candidatar às vagas, mas apenas quem estiver de acordo com os requisitos exigidos poderá estudar gratuitamente.

Como são divididos os cursos SENAI 2021?

Os cursos SENAI 2021 são divididos em modalidades diferentes, cada uma compreendendo um tipo de formação distinta.

Acompanhe as explicações a seguir e entenda cada uma delas:

Iniciação profissional

Esses cursos são voltados para jovens e adultos que vão desempenhar atividades profissionais de baixa complexidade. Os cursos independem do grau de escolaridade dos candidatos.

Qualificação profissional

Esses cursos são voltados a profissionais com idade mínima de 16 anos, independentemente do grau de escolaridade. A duração desses cursos também é bastante variada, sendo o mínimo de 160 horas.

Aperfeiçoamento profissional

Esses cursos são voltados para profissionais que já atuam no mercado de trabalho e que buscam se qualificar adquirindo conhecimentos. Para esses cursos não existe uma carga horária mínima.

Cursos técnicos

Esses cursos são voltados exclusivamente aos alunos que estão cursando ou já concluíram o Ensino Médio. Possuem uma carga horária mínima de 800 horas e tem a função de capacitar o aluno com conhecimentos técnico-profissionalizantes.

Requisitos para fazer os cursos SENAI 2021 gratuitamente

Poderão fazer os cursos SENAI 2021 todos os alunos que atenderem aos seguintes requisitos – lembrando que todos eles são obrigatórios. Confira:

  • Ter uma idade mínima de 18 anos completos no início do curso;
  • Possuir uma formação completa no Ensino Fundamental ou no Ensino Médio para alguns cursos;
  • Pertencer a uma família que tenha renda per capita de até 2 salários mínimos;
  • Não ser bolsista e nem estar participando de nenhum processo seletivo de bolsas dentro do SENAI.

Fazer um dos cursos de formação profissional no SENAI contribui para que o seu currículo se torne muito valorizado no mercado de trabalho. Então, essa é a sua chance de estudar sem pagar nada por isso.

Lista de cursos SENAI 2021

Existem os cursos 2021 que são pagos e os cursos que são totalmente gratuitos. Fizemos uma pequena lista com alguns desses cursos para você conhecer. Veja a seguir:

  • Auxiliar mecânico;
  • Confeiteiro;
  • Técnico de design de calçados.
  • Instrumentista;
  • Funileiro automotivo;
  • Pintor automotivo;
  • Confeccionador de bolsas em tecido;
  • Técnico de alimentos;
  • Mantenedor predial;
  • Pintor imobiliário;
  • Cortador de calçados;
  • Operador de pátio de ferrovias;
  • Designer gráfico de embalagens;
  • Técnico de calçados.

Inscrições para os cursos SENAI 2021

Se você quer ser um dos contemplados a ganhar uma bolsa de estudo integral para um dos cursos SENAI 2021 é necessário que você compareça pessoalmente em alguma unidade do SENAI da sua cidade e se informe sobre as inscrições.

Algumas unidades oferecem a opção de inscrição pessoalmente, enquanto outras oferecem a opção de inscrição online.

Visite esses sites e confira mais informações.

  • SENAI Acre;
  • SENAI Alagoas;
  • SENAI Amapá;
  • SENAI Amazonas;
  • SENAI Bahia;
  • SENAI Ceará;
  • SENAI Distrito Federal;
  • SENAI Espírito Santo;
  • SENAI Goiás;
  • SENAI Maranhão;
  • SENAI Mato Grosso;
  • SENAI Mato Grosso do Sul;
  • SENAI Minas Gerais;
  • SENAI Pará;
  • SENAI Paraíba;
  • SENAI Paraná;
  • SENAI Pernambuco;
  • SENAI Piauí;
  • SENAI Rio de Janeiro;
  • SENAI Rio Grande do Norte;
  • SENAI Rio Grande do Sul;
  • SENAI Rondônia;
  • SENAI Roraima;
  • SENAI Santa Catarina;
  • SENAI São Paulo;
  • SENAI Sergipe;
  • SENAI Tocantins.
Publicado em Deixe um comentário

Conheça as novas regras para se aposentar no Brasil

A aposentadoria é um dos benefícios mais importantes para o trabalhador e por isso, é necessário saber como funciona o processo de requerimento da aposentadoria. O benefício mudou após a reforma trabalhista e quem ainda não conferiu as novas regras do INSS, precisa conferir as informações a seguir:

O Governo de Jair Bolsonaro trouxe muitas mudanças para o país e uma delas foi a Reforma Trabalhista. A mudança propôs novas regras para se aposentar, referente ao tempo de contribuição e a idade mínima para preencher a solicitação.

De acordo com tabela INSS 2021, a fórmula aplicada será a de 85/95, dando aos trabalhadores a opção de se aposentar por tempo de contribuição sem que seu benefício seja reduzido pelo chamado Fator Previdenciário. Funciona da seguinte forma:

A regra para o Regime Geral de Previdência Social: passa a exigir, das mulheres, pelo menos 62 anos de idade e 15 anos de contribuição. No caso dos homens, 65 anos de idade e 20 anos de contribuição;

A regra geral para o Regime Próprio de Previdência Social: exigirá 62 anos de idade para mulheres e 65 para os homens, com pelo menos 25 anos de contribuição, 10 anos de serviço público e 5 anos no cargo em que se dará a aposentadoria.

A Nova Previdência também prevê regras diferentes para algumas categorias profissionais. Como por exemplo professores e policiais. Para professores são 25 anos de contribuição e idade mínima de 57 anos, para as mulheres, e de 60 anos para os homens.

Enquanto isso, os Policiais, tanto homens quanto mulheres, poderão se aposentar aos 55 anos de idade, desde que tenham 30 anos contribuição e 25 anos de efetivo exercício da função.

A cada ano a mais de contribuição, além do mínimo exigido, serão acrescidos dois pontos percentuais aos 60%. Assim, para ter direito à aposentadoria no valor de 100% da média de contribuições, as mulheres deverão contribuir por 35 anos e os homens, por 40 anos.

Pedágio 50%

Aliado a essas alterações, existem também algumas regras de transição, as quais visam aqueles que já estão no mercado de trabalho, possibilitando à escolha mais vantajosa de aposentadoria.

Uma dessas regras é a transição com pedágio de 50%, a qual funciona da seguinte maneira: as mulheres com mais de 28 anos de contribuição e os homens com mais de 33 anos de contribuição poderão optar pela aposentadoria sem idade mínima, desde que cumpram um pedágio de 50% sobre o tempo mínimo que faltava para se aposentar, 30 anos para elas e 35 anos para eles.

Pedágio 100%

Outra regra de transição é a transição com a idade mínima e pedágio de 100%, a qual estabelece uma idade mínima e um pedágio de 100% do tempo que faltava para atingir o mínimo exigido de contribuição, 30 anos para elas e 35 anos para eles. Para mulheres, a idade mínima será de 57 anos e, para homens, de 60 anos.

Publicado em Deixe um comentário

Imposto cobrado para todos que possuem um carro

IPVA 2021 RS – Se você é uma pessoa física ou jurídica que possui um veículo automotor no estado Rio Grande do Sul (RS) deverá realizar anualmente o pagamento do IPVA 2021 (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), ou seja, o imposto cobrado para todos que possuem um carro. Ele é considerado como um dos mais importantes do País, e a alíquota que deve ser paga varia de acordo com o governo de cada estado.

Confira como fazer o pagamento do imposto no Rio Grande do Sul! Os proprietários de veículos devem ficar atentos ao calendário de pagamento do IPVA 2021 Rio Grande do Sul. Acesse o site do DETRAN do Rio Grande do Sul para ver a data de vencimento conforme o final da placa do seu carro.

Se você antecipar o pagamento do IPVA RS e pagar o valor integral terá um desconto de 10% até 31 de janeiro. Depois desta data, também poderá pagar o valor total, porém sem desconto. Você poderá pagar o valor do IPVA RS em até três parcelas. Se você pagar o IPVA 2021 RS após o vencimento, sofrerá multa de 2% e juro de 1% ao mês.

Leia também: IPVA PR 2021.

Consulta IPVA RS

Para fazer a consulta IPVA 2021 RS, você deve acessar o site do Governo do Estado do Rio Grande do Sul (SEFAZ-RS). Digite o número do RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores) ou do Chassi, depois escreva o texto da mensagem e clique em consultar débito.

Confira abaixo o passo a passo de como consultar IPVA 2021 Rio Grande do Sul:

  • Acesse o site da SEFAZ RS sefaz.rs.gov.br;
  • Preencha com o número do Renavam ou Chassi;
  • Digite o código de verificação e clique em “Consultar”.

O contribuinte pode realizar também a consulta de informações sobre IPVA 2021 RS através de dispositivos móveis como tablets, IPads, e celulares que tenham conexão com alguma rede de internet. Para isso basta que o usuário busque no navegador do seu celular a palavra “ipva 2021 rs” e acesse o site da Secretaria de Fazenda do Rio Grande do Sul.

O site tem um ótimo sistema de navegabilidade visando sempre facilitar a vida do contribuinte que o está acessando, fazendo assim que este usuário se sinta a vontade ao consultar as informações que procura.

Pagamento IPVA RS

Você pode efetuar o pagamento do imposto em uma agência do Banco do Brasil, usando o código RENAVAM e nos seus correspondentes bancários, usando o boleto. O boleto IPVA RS pode ser impresso no site do DETRAN-RS, na opção Acesso Rápido – IPVA 2021, ou no site da SEFAZ-RS na opção Destaques – IPVA – Emissão do Dare.

Você pode pagar IPVA 2021 Rio Grande do Sul usando o DARE das seguintes formas:

  • Banco do Brasil: usando o código do Renavam ou o boleto. Se você for correntista, também poderá fazer o pagamento por meio de débito em conta corrente, usando um dos canais de autoatendimento;
  • Nos correspondentes bancários do Banco do Brasil: usando apenas o boleto.

Você pode efetuar pagamento IPVA 2021 RS usando apenas o número do Renavam nos terminais de autoatendimento do Banco do Brasil. Aperte qualquer tecla, escolha a opção Extrato do Renavam e digite o número do Renavam.

Avalie este artigo!

Publicado em Deixe um comentário

Como fazer o pagamento de tributos federais pela internet?

Anualmente, há diversos tributos que devem ser quitados pelo cidadão brasileiro. Gerar boletos, enfrentar filas de banco e se locomover são situações contínua e desconfortáveis para nós, mas você sabia que é possível realizar esses pagamentos pela internet? Este recurso evita estresse e otimiza tempo!

Descubra no texto a seguir como fazer o pagamento de tributos federais pela internet:

O que são tributos federais?

Os tributos federais correspondem aos impostos obrigatórios que devem ser cumpridos anualmente ou periodicamente pelos brasileiros, como o IPVA RS, o IPTU, o FGTS, entre outros.

Estes impostos são extremamente importantes e por serem obrigatórios, caso não venham a ser cumpridos podem gerar consequência financeiras, advertências e muita dor de cabeça para o responsável.

Para estar em dia com todas essas pendências, é necessário se informar e estar preparado para cada valor. O IPVA, por exemplo, é um dos impostos mais importantes para os proprietários de veículos e o seu valor pode ser diferente de um ano para outro.

Portanto, o motorista deve ficar atento ao IPVA 2021 PR e conferir todos os dados sobre sua região e as datas determinadas pelo Detran!

Como efetuar o pagamento destes tributos?

Hoje em dia, com tantas facilidades proporcionadas pela internet, ficou muito mais simples de quitar suas obrigações tributáveis. Você sabia, por exemplo, que pode realizar a declaração do seu imposto de renda do computador de sua casa? Basta instalar o programa do IR no seu computador e seguir as instruções.

Quita IPVA, IPTU, DPVAT, entre outros, também está muito mais simples. Você pode realizar o pagamento através da transferência de valores pelo aplicativo do seu banco. Vale lembrar que algumas pessoas estão livres de algumas taxas tributárias por estarem em uma situação especial. Portanto vale conferir a isenção do IPVA 2021, assim como dos outros tributos.

Para realizar a quitação dos tributos pela internet, é preciso que você instale o aplicativo do internet banking de acordo com o seu banco. O IPVA Bradesco, por exemplo, já disponibiliza uma sessão específica para este tipo de pagamento. Caso tenha alguma dúvida, acesse o site do banco e verifique a sua situação.

Para cada agência bancária, pode ser que ajam alguns processos distintos e seja necessário entrar em contato com o seu gerente. Depois de instalar o aplicativo e estar com a conta do internet banking regular, você poderá realizar a quitação das taxas federais, assim como diversos tipos de pagamento, através da transferência de valor online efetuada pelo próprio app.

Publicado em Deixe um comentário

Fim do DPVAT? Saiba quais os impostos veiculares continuam obrigatórios

Todos os anos, o proprietário de veículos precisa cumprir com alguns valores obrigatórios e um deles é o DPVAT. Mas será que esse benefício chegou mesmo ao fim? Para entender melhor como funcionará o seguro de veículos a partir de agora e quais taxas ainda estarão sendo cobradas, confira as informações a seguir:

O que é o DPVAT?

A sigla DPVAT é referente ao seguro para Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres e é um seguro obrigatório, sendo um direito de todo e qualquer motorista que cumpre com a taxa. Este é um dos únicos seguros que promove assistência para todas as pessoas envolvidas em uma situação de trânsito, desde o motorista aos pedestres.

A taxa do DPVAT é muito mais em conta do que as taxas de aquisição para contratar um seguro privado e por isso, muitas pessoas dependiam dele.

O DPVAT ainda vai existir?

Recentemente, o Presidente Jair Bolsonaro, que já anunciou diversos cortes em seu Governo, divulgou o fim do seguro DPVAT para os brasileiros. Por isso, quem contava com o seguro obrigatório precisará encontrar novas opções de assistência através do serviço privado.

Mas vale a pena ressaltar que outros valores estarão funcionando da mesma forma. Veja a seguir, os impostos obrigatórios que o proprietário de veículos no Brasil ainda precisa cumprir.

CRLV

O CRLV, Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos, ou Licenciamento, como é chamado, representa uma taxa anual responsável por garantir a aptidão do veículo para circular legalmente nas ruas e avenidas.

Quem está se perguntando se o Licenciamento 2021 ainda vai existir, vale a pena lembrar que o pagamento da taxa continua sendo obrigatório para todos os motoristas e não cumprir com ele, pode gerar várias consequências.

Não cumprir a taxa gera cobrança de multas, assim como acréscimo de juros para a dívida total. Além disso, impede que o motorista possa estar retirando o documento que garante a aptidão do veículo para circular.

O documento é de porte obrigatório, por isso, é importante estar atento aos prazos de pagamento e cumprir com o valor junto ao Detran.

IPVA

O Licenciamento possui uma taxa única de pagamento para todo o Brasil, o que nem acontece com o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). O IPVA é um imposto estadual e por isso, é diferente para alguns estados do país.

Regiões como São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro representam alguns dos impostos para veículos mais caros do país, sendo equivalente a 4% do valor original do veículo. O valor continuará sendo obrigatório para os brasileiros.

Publicado em Deixe um comentário

Informe-se Sobre a Habilitação Grátis RS

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é um documento crucial para quem quer dirigir para si mesmo ou comercialmente. Não se pode dirigir ou pilotar um veículo sem ele, mas também é preciso pagar para tê-lo. No Rio Grande do Sul é possível obter a CNH gratuitamente. Para saber mais sobre habilitação grátis no RS leia a seguir.

Conheça as obrigações de quem possui um veículo automotor:

Como funciona a CNH popular no RS?

O Detran RS oferece a quem não pode pagar por seu documento para dirigir a CNH popular. Ela é gratuita e apenas para alguns selecionados através de um sistema eletrônico.

A CNH popular é um projeto vigente em vários estados brasileiros. Duas vezes por ano ou mais o Detran abre inscrições para interessados em se habilitar. A seleção é feita através de sistema eletrônico com informações dos candidatos. O programa atende quem está na busca pela primeira habilitação ou mudar de categoria.

Os pré-requisitos são:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Morar no Rio Grande do Sul por no mínimo dois anos;
  • Ter renda familiar mensal de até três salários mínimos ou estar desempregado por ao menos dois anos;
  • Ter inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

As vagas são sempre para baixa renda com reserva de 15% para negros e 50% para mulheres as quais desejam mudar de categoria.

Como conseguir uma CNH gratuita no RS

Para conseguir uma habilitação de graça no Rio Grande do Sul é necessário ficar atento ao período de inscrições. As vagas são abertas ao menos três vezes no ano e o cadastro é realizado eletronicamente no próprio site oficial.

A página está sempre disponível, mas com link para clicar apenas com as inscrições abertas. É preciso informar todos os dados pessoais e voltar ao site para saber se foi aprovado. Pode se inscrever mais vezes se não conseguir de primeira sem problemas.

Como tirar uma habilitação no Brasil

Sendo uma CNH popular ou não o processo para obter uma habilitação é o mesmo em todos os estados brasileiros. O primeiro passo fazer os exames médicos de visão e psicotécnico para saber se você é capaz de dirigir. Aprovado, é só começar com as aulas teóricas, cobrindo todo o conteúdo básico sobre legislação de trânsito, mecânica e infrações.

Aulas teóricas finalizadas é o momento de partir para a prova teórica. Ela é realizada no Detran sede de cada estado em um computador. O acerto mínimo a se obter para ser aprovado é de 60% da prova ou ela precisa ser refeita pagando uma nova taxa.

Aprovação na teórica vem a prova prática. Para se preparar para ela o futuro motorista terá aula com instrutores habilitados do Detran dentro de um pátio programado ou na rua, tanto de dia como de noite. Aprenderá a colocar em prática a teoria sobre sinalização de trânsito, fazer baliza e garagem e outros pontos importantes. A prova é realizada no pátio.

Ao ser aprovado nos dois testes o aluno ganha uma habilitação temporária com validade de um ano. Não pode cometer nenhuma infração grave e deve solicitar a mudança para uma habilitação permanente em até 30 dias após finalizar 12 meses.

Publicado em Deixe um comentário

Muitos brasileiros aguardam ansiosos os lançamentos da Ford

Novo Fiesta 2021 – O novo Fiesta vem fazendo o maior sucesso no mercado nacional, tudo devido ao seu design moderno que o diferencia bastante da maior parte de seus rivais em mesmo segmento dentro do Brasil. Se visual aparece muito mais moderno e agressivo, apresentando um para choques com spoiler, saias laterais e faróis de máscara negra, entre outras novidades. Conheça logo abaixo um pouco mais sobre o novo ford Fiesta.

Além da Ford, a Volkswagen também terá lançamentos para o próximo ano, entre eles:

A versão está muito mais imponente e com a sua dianteira levemente reformulada e novos itens tecnológicos fazem parte do modelo. A Ford ainda pode facilitar a vida do usuário lançando pacotes promocionais totalmente diferenciados.

No último salão do automóvel a Ford apresentou a nova versão do Fiesta 2021 e este modelo chamou bastante a atenção das pessoas, principalmente devido ao seu visual diferenciado. Com relação as suas novidades tecnológicas, o modelo oferece uma assistência de partida em rampas, e a direção deverá ter uma assistência elétrica, bancos em couro, trio elétrico, ar condicionado digital e também computador de bordo.

Entre outras particularidades é possível contar com o sistema de multimídia Sync que controla o som, o celular e várias outras configurações do carro, tudo através o volante multimídia e por controles de voz. O ponto negativo da nova versão é apenas não oferecer GPS o que é comum encontrar em vários concorrentes de mesmo preço.

Com relação a ficha técnica do modelo, podemos citar na versão de entrada uma motorização 1.6, bem como várias opções de cores, freios em ABS com sistema EBD, 2 airbags frontais, ar condicionado digital, direção elétrica, alarmes volumétricos, computador de bordo, rodas de liga leve de 15 polegadas e também faróis de neblina dianteiros.

Com relação a performance do motor do novo Fiesta 2021 temos um consumo equivalente na estrada a gasolina de 13,7 km/l e 9,5 a álcool, e de 7,8 a álcool na cidade e 10.8 a gasolina.

  • http://www.ford.com.br/

Preços e Versões do novo Fiesta 2021

Complementando as informações do lançamento do modelo temos um veículo muito mais estiloso com rodas de liga leve de 16 polegadas, deixando o carro com ainda mais estilo. Para o deixar com ares mais esportivos, o modelo deveria contar com um motor mais simples e sem grandes inovações, o propulsor é 1.6 litros Sigma TiVCT Flex, o que resulta na entrega de uma potência diferenciada e honesta de 125 cv quando é abastecido a gasolina e 128 cv quando abastecido a álcool o consumo do novo ford Fiesta.

A transmissão do modelo ocorre de forma manual e apresenta cinco velocidades e deverá agradar a todos os consumidores que gostam de sentir um pouco mais o veículo durante as trocas de marcha. Os modelos devem ser lançados em pelo menos 6 versões com motores entre 1.6 e 1.5. Os preços do novo Fiesta 2021 deverão ficar em torno de R$ 56 a R$ 66 mil reais, e o consumo ocorre de forma média e não exige um grande esforço de manutenção por parte dos usuários.

Publicado em Deixe um comentário

Conheça as cidades mais caras do Brasil para se viver

Você sabia que algumas cidades brasileiras estão presentes no ranking de locais com o custo de vida mais caro? Seja por seu potencial comercial, poder turístico ou beleza natural, as cidades a seguir exigem uma alta finança de seus habitantes. Conheça na lista a seguir as cidades mais cara para se viver no Brasil:

São Paulo – SP

IPTU

Morar em São Paulo proporciona muitas vantagens, mas um ponto negativo é o alto custo de vida. A cidade possui um dos IPTU mais caros e a expectativa é que o IPTU SP fique um pouco mais pesado no bolso de proprietários de imóveis.

IPVA

Outro imposto que tem uma porcentagem mais alta para a cidade de São Paulo é o IPVA, para proprietários de veículos. O valor a ser pago é de 4% do valor original do automóvel.

Alimentação

A alimentação na região também pode ser um pouco acima do esperado. O famoso cafezinho pode custar mais de R$3,30 e o quilo do pão francês custa mais de R$10,00.

Rio de Janeiro – RJ

IPTU

O IPTU 2021 RJ está registrado como um dos impostos mais caros para quem é dono de imóvel. Quem opta por aluguel, pode chegar a pagar R$1.430,43 na região central da cidade.

IPVA

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) também está classificado com um dos mais altos do país, representando um total de 4% do prelo inicial do automóvel.

Alimentação

A alimentação está superior à média das outras cidades. No supermercado, o quilo do feijão chegar a custar R$ 4,49 e o café (500 g) custa mais de R$9,00.

Brasília – DF

IPTU

Brasília está entre as cidades mais caras para se viver, principalmente pelo valor do IPTU. Na região, paga-se cerca de R$ 1.963,64 por um apartamento de 3 quartos nos locais mais baratos.

IPVA

O IPVA para quem tem veículo registrado na cidade é de 3,5% do valor original do veículo. Ou seja, quem tem um carro popular, pode chegar a pagar R$ R$ 1.379 pelo imposto.

Alimentação

A base da alimentação em Brasília representa altos valores. O litro do leite custa R$ 3,14 e o pacote de café R$ 8,67.

Florianópolis – SC

IPTU

O estado de Santa Catarina possui altas taxas de impostos, principalmente para o IPTU. O aluguel de uma quitinete na região central não é menos de R$ 1.108,33.

IPVA

O IPVA para a região tem menores taxas se comparado a outras cidades, representando 2% do preço original do automóvel.

Alimentação

Quem vai ao mercado em Florianópolis, deve se preparar para o quilo do pão francês custando mais de R$10,00 e o pacote de café custando mais de R$8,00.

Publicado em Deixe um comentário

Tabela de Preços Amil: Planos de Saúde

Tabela de Preços Amil traz as informações dos planos de saúde. Para quem deseja saber mais detalhes dos planos pode acompanhar o artigo. Veja a seguir a Tabela de Preços Amil.

O plano de saúde da Amil Life Saúde possui cobertura nacional. Para entender como funciona veja a seguir.

Tabela de Preços Amil

A Amil é uma empresa brasileira de assistência médica, fundada em 1978. Hoje ela possui 6,2 milhões de beneficiários e possui uma rede credenciada no país.

Sua cobertura é em todo o território nacional, além disso, ela possui uma moderna estrutura. Com atendimento pleno ela oferece cobertura nacional em rede de alto nível.

O plano oferece serviços de diagnóstico, tratamento e educação, por meio de aparelhos modernos. Além disso, o Amil possui cobertura em viagens internacionais.

Em 2015 a Amil foi reconhecida como uma das 20 empresas mais inovadoras do país pelo ranking Best Innovator, da revista Época Negócios e da consultoria A.T. Kearney.

Tabela de Preços Amil →  Amil Individual

Veja a seguir a Tabela de Preços Amil, com os planos de saúde.

Plano 0 a 18 19 a 23 24 a 28 29 a 33 34 a 38 39 a 43 44 a 48 49 a 53 54 a 58 + 59 anos
Amil 400 [E] 231,93 289,91 362,39 398,62 418,57 460,42 575,51 633,07 791,32 1384,83
Amil 400 [A] 263,68 329,60 412,00 453,20 475,87 523,45 654,31 719,76 899,69 1574,45
Amil 500 [A] 287,66 359,56 449,46 494,40 519,13 571,04 713,80 785,17 981,45 1717,56
Amil 700 [A] 362,14 452,67 565,84 622,43 653,54 718,89 898,63 988,48 1235,60 2162,30

Tabela 1 de Plano De Saúde Amil Individual – Supremo Plano Com Coparticipação

Plano 0 a 18 19 a 23 24 a 28 29 a 33 34 a 38 39 a 43 44 a 48 49 a 53 54 a 58 + 59 anos
Amil 400 [E] 197,14 246,42 308,03 338,83 355,78 391,35 489,19 538,10 672,63 1177,12
Amil 400 [A] 224,14 280,16 350,21 385,22 404,49 444,93 556,16 611,79 764,73 1338,29
Amil 500 [A] 244,50 305,63 382,04 420,25 441,24 485,37 606,72 667,39 834,24 1459,93
Amil 700 [A] 307,81 384,77 480,95 529,06 555,50 611,06 763,82 840,21 1050,26 1837,96

Tabela 2 – Plano De Saúde Amil Individual – Premium

Plano 0 a 18 19 a 23 24 a 28 29 a 33 34 a 38 39 a 43 44 a 48 49 a 53 54 a 58 + 59 anos
Amil 400 [E] 335,60 419,47 524,35 576,80 605,63 666,17 832,73 916,01 1144,99 2003,74
Amil 400 [A] 381,54 476,92 596,15 655,75 688,55 757,39 946,75 1041,43 1301,77 2278,09
Amil 500 [A] 416,22 520,26 650,32 715,36 751,13 826,24 1032,80 1136,08 1420,10 2485,17
Amil 700 [A] 523,99 654,96 818,72 900,60 945,62 1040,19 1300,23 1430,25 1787,82 3128,68

Tabela 2 – Plano De Saúde Amil Individual – Premium Plano Com Coparticipação

Plano 0 a 18 19 a 23 24 a 28 29 a 33 34 a 38 39 a 43 44 a 48 49 a 53 54 a 58 + 59 anos
Amil 400 [E] 285,25 356,55 445,68 490,26 514,78 566,24 707,82 778,59 973,24 1703,17
Amil 400 [A] 324,29 405,37 506,72 557,40 585,27 643,79 804,73 885,21 1106,49 1936,40
Amil 500 [A] 353,78 442,22 552,77 608,04 638,47 702,31 877,88 965,68 1207,08 2112,40
Amil 700 [A] 445,38 556,73 695,91 765,50 803,78 884,15 1105,19 1215,73 1519,64 2659,37

Tabela – Descrição:

  • Acomodação: [E] Enfermaria,  [A] Apartamento;
  • Não tem plano familiar;
  • Os valores são tabelados e não pode haver variação de preços entre as corretoras de planos de saúde.

Tabela de Preços Amil → Amil Familiar

Veja a seguir os planos de saúde família e a Tabela de Preços Amil:

Plano 0 a 18 19 a 23 24 a 28 29 a 33 34 a 38 39 a 43 44 a 48 49 a 53 54 a 58 + 59 anos
Amil 400 [E] 231,93 289,91 362,39 398,62 418,57 460,42 575,51 633,07 791,32 1384,83
Amil 400 [A] 263,68 329,60 412,00 453,20 475,87 523,45 654,31 719,76 899,69 1574,45
Amil 500 [A] 287,66 359,56 449,46 494,40 519,13 571,04 713,80 785,17 981,45 1717,56
Amil 700 [A] 362,14 452,67 565,84 622,43 653,54 718,89 898,63 988,48 1235,60 2162,30

Tabela 1 – Plano De Saúde Amil Individual – Supremo Plano Com Coparticipação

Plano 0 a 18 19 a 23 24 a 28 29 a 33 34 a 38 39 a 43 44 a 48 49 a 53 54 a 58 + 59 anos
Amil 400 [E] 197,14 246,42 308,03 338,83 355,78 391,35 489,19 538,10 672,63 1177,12
Amil 400 [A] 224,14 280,16 350,21 385,22 404,49 444,93 556,16 611,79 764,73 1338,29
Amil 500 [A] 244,50 305,63 382,04 420,25 441,24 485,37 606,72 667,39 834,24 1459,93
Amil 700 [A] 307,81 384,77 480,95 529,06 555,50 611,06 763,82 840,21 1050,26 1837,96

Tabela 2 – Plano De Saúde Amil Individual – Premium

Plano 0 a 18 19 a 23 24 a 28 29 a 33 34 a 38 39 a 43 44 a 48 49 a 53 54 a 58 + 59 anos
Amil 400 [E] 335,60 419,47 524,35 576,80 605,63 666,17 832,73 916,01 1144,99 2003,74
Amil 400 [A] 381,54 476,92 596,15 655,75 688,55 757,39 946,75 1041,43 1301,77 2278,09
Amil 500 [A] 416,22 520,26 650,32 715,36 751,13 826,24 1032,80 1136,08 1420,10 2485,17
Amil 700 [A] 523,99 654,96 818,72 900,60 945,62 1040,19 1300,23 1430,25 1787,82 3128,68

Tabela 2 – Plano De Saúde Amil Individual – Premium Plano Com Coparticipação

Plano 0 a 18 19 a 23 24 a 28 29 a 33 34 a 38 39 a 43 44 a 48 49 a 53 54 a 58 + 59 anos
Amil 400 [E] 285,25 356,55 445,68 490,26 514,78 566,24 707,82 778,59 973,24 1703,17
Amil 400 [A] 324,29 405,37 506,72 557,40 585,27 643,79 804,73 885,21 1106,49 1936,40
Amil 500 [A] 353,78 442,22 552,77 608,04 638,47 702,31 877,88 965,68 1207,08 2112,40
Amil 700 [A] 445,38 556,73 695,91 765,50 803,78 884,15 1105,19 1215,73 1519,64 2659,37

 Tabela – Descrição:

  • Acomodação: [E] Enfermaria, [A] Apartamento;
  • Não tem plano familiar;
  • Os valores são tabelados e não pode haver variação de preços entre as corretoras de planos de saúde.

Tabela de Preços Amil → Amil Empresarial

Abaixo segue a Tabela de Preços Amil com o plano de saúde Amil empresarial.

Tabela de 2 A 29 Pessoas – Plano De Saúde Amil Empresarial Sem Coparticipação

Enfermaria (E)
Faixa Etária AMIL 200 REGIONAL AMIL 400
0 à 18 anos R$ 210,28 R$ 245,66
19 à 23 anos R$ 262,85 R$ 307,08
24 à 28 anos R$ 328,57 R$ 383,85
29 à 33 anos R$ 361,42 R$ 422,23
34 à 38 anos R$ 379,49 R$ 443,35
39 à 43 anos R$ 417,44 R$ 487,68
44 à 48 anos R$ 521,81 R$ 609,61
49 à 53 anos R$ 573,99 R$ 670,56
54 à 58 anos R$ 717,49 R$ 838,21
+ de 59 anos R$ 1.255,61 R$ 1.466,88

Última Alteração: 29/09/2017

Apartamento (A)
Faixa Etária AMIL 200 REGIONAL AMIL 400 AMIL 500 AMIL 700
0 à 18 anos R$ 231,09 R$ 277,63 R$ 306,63 R$ 382,07
19 à 23 anos R$ 288,86 R$ 347,04 R$ 383,29 R$ 477,58
24 à 28 anos R$ 361,08 R$ 433,80 R$ 479,12 R$ 596,97
29 à 33 anos R$ 397,19 R$ 477,18 R$ 527,04 R$ 656,67
34 à 38 anos R$ 417,05 R$ 501,04 R$ 553,39 R$ 689,50
39 à 43 anos R$ 458,76 R$ 551,14 R$ 608,72 R$ 758,46
44 à 48 anos R$ 573,45 R$ 688,93 R$ 760,91 R$ 948,08
49 à 53 anos R$ 630,79 R$ 757,82 R$ 837,00 R$ 1.042,89
54 à 58 anos R$ 788,50 R$ 947,27 R$ 1.046,25 R$ 1.303,61
+ de 59 anos R$ 1.379,87 R$ 1.657,73 R$ 1.830,95 R$ 2.281,33

Última Alteração: 29/09/2017

Tabela de 30 A 99 Pessoas – Plano De Saúde Amil Empresarial Sem Coparticipação

Enfermaria (E)
Faixa Etária AMIL 200 REGIONAL AMIL 400
0 à 18 anos R$ 199,77 R$ 233,37
19 à 23 anos R$ 249,71 R$ 291,71
24 à 28 anos R$ 312,14 R$ 364,64
29 à 33 anos R$ 343,36 R$ 401,11
34 à 38 anos R$ 360,53 R$ 421,16
39 à 43 anos R$ 396,58 R$ 463,28
44 à 48 anos R$ 495,73 R$ 579,10
49 à 53 anos R$ 545,31 R$ 637,01
54 à 58 anos R$ 681,63 R$ 796,26
+ de 59 anos R$ 1.192,86 R$ 1.393,46

Última Alteração: 29/09/2017

Apartamento (A)
Faixa Etária AMIL 200 REGIONAL AMIL 400 AMIL 500 AMIL 700
0 à 18 anos R$ 219,54 R$ 263,74 R$ 291,30 R$ 362,96
19 à 23 anos R$ 274,42 R$ 329,68 R$ 364,12 R$ 453,70
24 à 28 anos R$ 343,03 R$ 412,10 R$ 455,16 R$ 567,13
29 à 33 anos R$ 377,34 R$ 453,31 R$ 500,68 R$ 623,84
34 à 38 anos R$ 396,20 R$ 475,98 R$ 525,72 R$ 655,03
39 à 43 anos R$ 435,82 R$ 523,58 R$ 578,29 R$ 720,54
44 à 48 anos R$ 544,78 R$ 654,48 R$ 722,86 R$ 900,68
49 à 53 anos R$ 599,26 R$ 719,93 R$ 795,15 R$ 990,75
54 à 58 anos R$ 749,08 R$ 899,91 R$ 993,94 R$ 1.238,44
+ de 59 anos R$ 1.310,91 R$ 1.574,86 R$ 1.739,39 R$ 2.167,27

Última Alteração: 29/09/2017

Tabela de 2 A 29 Pessoas – Plano De Saúde Amil Empresarial Com Coparticipação

Enfermaria (E)
Faixa Etária AMIL 200 REGIONAL AMIL 400
0 à 18 anos R$ 168,24 R$ 196,53
19 à 23 anos R$ 210,30 R$ 245,67
24 à 28 anos R$ 262,88 R$ 307,09
29 à 33 anos R$ 289,17 R$ 337,80
34 à 38 anos R$ 303,63 R$ 354,69
39 à 43 anos R$ 333,99 R$ 390,16
44 à 48 anos R$ 417,49 R$ 487,70
49 à 53 anos R$ 459,24 R$ 536,47
54 à 58 anos R$ 574,05 R$ 670,59
+ de 59 anos R$ 1.004,59 R$ 1.173,53

Última Alteração: 02/10/2017

Apartamento (A)
Faixa Etária AMIL 200 REGIONAL AMIL 400 AMIL 500 AMIL 700
0 à 18 anos R$ 184,88 R$ 222,10 R$ 245,31 R$ 305,65
19 à 23 anos R$ 231,10 R$ 277,63 R$ 306,63 R$ 382,07
24 à 28 anos R$ 288,87 R$ 347,04 R$ 383,29 R$ 477,58
29 à 33 anos R$ 317,76 R$ 381,74 R$ 421,62 R$ 525,34
34 à 38 anos R$ 333,66 R$ 400,83 R$ 442,71 R$ 551,60
39 à 43 anos R$ 367,03 R$ 440,91 R$ 486,98 R$ 606,76
44 à 48 anos R$ 458,79 R$ 551,14 R$ 608,72 R$ 758,45
49 à 53 anos R$ 504,66 R$ 606,25 R$ 669,60 R$ 834,30
54 à 58 anos R$ 630,84 R$ 757,82 R$ 837,00 R$ 1.042,88
+ de 59 anos R$ 1.103,97 R$ 1.326,19 R$ 1.464,75 R$ 1.825,05

Última Alteração: 02/10/2017

Tabela de 30 A 99 Pessoas – Plano De Saúde Amil Empresarial Com Coparticipação

Enfermaria (E)
Faixa Etária AMIL 200 REGIONAL AMIL 400
0 à 18 anos R$ 159,83 R$ 186,71
19 à 23 anos R$ 199,79 R$ 233,38
24 à 28 anos R$ 249,74 R$ 291,73
29 à 33 anos R$ 274,72 R$ 320,91
34 à 38 anos R$ 288,45 R$ 336,96
39 à 43 anos R$ 317,30 R$ 370,65
44 à 48 anos R$ 396,63 R$ 463,32
49 à 53 anos R$ 436,30 R$ 509,65
54 à 58 anos R$ 545,37 R$ 637,06
+ de 59 anos R$ 954,40 R$ 1.114,85

Última Alteração: 02/10/2017

Apartamento (A)
Faixa Etária AMIL 200 REGIONAL AMIL 400 AMIL 500 AMIL 700
0 à 18 anos R$ 175,63 R$ 210,99 R$ 233,04 R$ 290,37
19 à 23 anos R$ 219,54 R$ 263,74 R$ 291,31 R$ 362,96
24 à 28 anos R$ 274,42 R$ 329,68 R$ 364,15 R$ 453,70
29 à 33 anos R$ 301,86 R$ 362,65 R$ 400,56 R$ 499,07
34 à 38 anos R$ 316,96 R$ 380,78 R$ 420,59 R$ 524,02
39 à 43 anos R$ 348,65 R$ 418,86 R$ 462,66 R$ 576,43
44 à 48 anos R$ 435,82 R$ 523,58 R$ 578,32 R$ 720,54
49 à 53 anos R$ 479,41 R$ 575,94 R$ 636,15 R$ 792,60
54 à 58 anos R$ 599,26 R$ 719,93 R$ 795,19 R$ 990,75
+ de 59 anos R$ 1.048,71 R$ 1.259,88 R$ 1.391,59 R$ 1.733,82

Última Alteração: 02/10/2017

Caso você tenha outra dúvida sobre a Tabela de Preços Amil basta entrar no site oficial, e conferir mais detalhes.